Convenção anual

LOJA MAÇÔNICA FEMININA

A COMAFE é um Grande Oriente Feminino e Secretaria de Gestão maçônica com Loja maçônica própria que cadastra Lojas, faz iniciação maçônica e cadastras mulheres maçons a fim de que elas possam se visitar como irmãs em Lojas de todo Brasil até no exterior com a finalidade de trabalharem juntas como maçons, sem uma interferir na Loja da outra.

É também Convenção de Maçonaria Feminina com evento de fim de ano que confraterniza para união de todas as Lojas legítimas de maçonaria feminina no Brasil.

A COMAFE serve a todos os maçons, todas as maçons e todas as Lojas dispostas a se unirem para garantirem uma grande representatividade legitima de maçonaria brasileira.
A maçonaria legítima é configurada por não ser de uma Loja só.
Sendo ela legitima, trabalha ligada diretamente a outras Lojas, ajudando inibir pessoas de má fé que insistem em abrir falsas Lojas se dizendo maçons.
A maçonaria feminina sendo legitima, não é ocultismo, é uma entidade cívica que promove o desenvolvimento social, emocional e profissional das maçons.

Que fique claro que o propósito da maçonaria da COMAFE é iniciar mulheres a maçons para formar Lojas onde não existe e, com o propósito de ajudar que elas alcancem melhores condições morais e sociais e, assim elas ajudarem mais e mais pessoas. Quem não entender isso e se fechar em Loja, sem estreitar laços com esse propósito, está contra a maçonaria.
O papel da maçonaria é ajudar pessoas a serem mestres e mestras maçom com fim deles ajudarem mais pessoas no mundo e quem não estiver alinhada (o) com isso, faz espírito contrário, pois, fora disso não há maçonaria legítima.
Maçonaria não é só ter pessoas vestidas de maçom, isso é fácil.
Maçonaria é antes de tudo, respeitar a origem, o discipulado e o mestre, ou a mestre que fez alguém ser maçom.

Sem esse respeito, ninguém respeitará ninguém nas Lojas e não haverá maçonaria. Se o aluno não respeita seu professor, ele nunca será um professor respeitado, certamente nunca será professor, apenas alguém dando aula sem ser respeitado por ninguém.
A COMAFE é uma secretaria semelhante a COMAB que é da maçonaria masculina e que faz justamente o papel de dizer quem é maçonaria legitima de quem não é. Tanto a COMAFE quanto a COMAB, tem papel de unir e manter unidas as Lojas maçônicas legítimas e com isso, inibir falsas Lojas que são inventadas para tirar dinheiro das pessoas.

A COMAFE não está interessada em fiscalizar as Lojas de diversas Potências maçônicas ou Lojas independentes, mas de ajuda-las na união para favorecer a representatividade da maçonaria exclusiva de mulheres promovendo a visitação e reconhecimento entre Lojas.


Aquela Loja que pretende ser legitima ou é legitima pela sua comprovada origem, ou quer se legitimar,deve nos procurar sem receio, pois a COMAFE não cobra nada, apenas organiza a única e primeira Convenção de União das Lojas Femininas no Brasil.

Explico que não há vinculo entre a COMAFE e COMAB, apenas semelhança no que diz respeito a união de Lojas legítimas.
No final do ano no mês de outubro, até a primeira quinzena de novembro, todos inscritos e inscritas para a Convenção Anual poderão participar de uma confraternização de fim de ano da maçonaria feminina brasileira, promovida pela COMAFE.

Nesta festa são apresentadas as novas aprendizes, novas companheiras maçons, novas mestras, novas Lojas, novas diretoras de Lojas e autoridades convidadas.
A convenção serve também para demonstrar o trabalho da maçonaria feminina da COMAFE, apresentando os serviços sociais realizados.
Neste evento, os familiares, namorados, amigas e amigos das maçons podem ser convidados, fazemos isso a fim deles saberem sobre nossas atividades que em resumo, são a de oferecer ajuda humanitária quando necessário e, fazer algum tipo de caridade, pois, já aprendemos que uma Loja que não faz um serviço mensal  de caridade a Deus, não prevalece.
Na convenção anual, também prestamos homenagem a Princesa de Lamballe que é a Padroeira da maçonaria feminina do Brasil, onde acontece a cerimônia de entronização de uma Grã-Mestra que terminou seu segundo mandato, sem máculas. Esta Grã Mestra representará a Princesa de Lamballe no Trono mais alto da maçonaria, até que surja uma outra Grã-Mestra para também ser transmitida a Thiara da Princesa de Lamballe.
Haverá entrega de medalhas e comendas da Ordem de Lamballe e da Ordem de Capelania de Jesus para pessoas e maçons que contribuíram muito no desenvolvimento da COMAFE, no caso das comendas, somente são dadas a maçons com mais de vinte anos participando da COMAFE.
Haverá homenagens para autoridades e também para as maçons que partiram para o Oriente Eterno, sendo que um familiar dela será convidado (a) para o evento, tendo direito a participar eternamente das convenções, inclusive com transmissão deste direito a seus familiares. Dessa forma eternizamos as maçons que partiram e o exemplo dela irá inspirar eternamente a descendência delas e, aquelas que não deixarem descendentes serão lembradas pelas voluntárias.
Também haverá a formação de um Coral de mulheres maçons cantando a música, “A Perfeita Alegria”.
Os filhos e filhas de maçons, na idade de 12 a 18 anos devem, se quiser, serão porta bandeiras, vestidos a caráter como guardas reais, durante a cerimônia de entronização. Na véspera da Convenção haverá uma sessão com confirmação de graus para mulheres que moram longe das Lojas.

Interessadas em participar mande e-mail para:

comafe@maconariafeminina.org.br

ou

gof@maconariafemina.org.br

error: Content is protected !!